domingo, 6 de janeiro de 2013


As vezes brinco com as palavras e sonho em ser poeta:
Muitas vezes nos esquecemos de vestir de amor
e hoje só uso a solidão
Acredito que combina comigo
Mas hoje o sorriso refletiu nos meus olhos
Um sorriso alheio, sem nome, sem identidade
Vou mudar de roupa
Vou me vestir de amor.
Ivete Vidigoi

Um comentário:

  1. E depois desfile nas passarelas da paixão querida! Lindíssimo!!!

    ResponderExcluir